Fisioterapia auxilia na prevenção de uma das doenças que mais mata idosos: a gripe

A pneumonia é a quarta doença que mais mata no Brasil, além de ser o principal motivo de internações no SUS (Sistema Único de Saúde), segundo informações da OMS (Organização Mundial da Saúde). Mais de 900 mil casos por ano são contabilizados no país. As maiores vítimas são as pessoas acima de 65 anos, ou seja, os idosos. Ela geralmente surge após gripes, resfriados e demais doenças respiratórias mal curadas. Existem várias maneiras de fortalecer o pulmão e evitar a evolução das doenças respiratórias, a principal delas é a fisioterapia.

“Com o avançar da idade, a capacidade pulmonar diminui; os idosos sentem mais fraqueza muscular, e os músculos das costelas vão atrofiando, pois a pessoa não tem mais a mesma capacidade de expandir o pulmão.  Uma importante arma para evitar que as gripes e resfriados evoluam para doenças mais graves é por meio da fisioterapia respiratória, ela pode ser praticada em casa, basta ter frequência e compromisso com o exercício, que prepara o pulmão e aumenta a sua capacidade de armazenamento de ar”, disse a fisioterapeuta gerontóloga, Ana Caroline Lobo.

“Com os exercícios é trabalhada a melhora da ventilação pulmonar e a funcionalidade respiratória dele, beneficiando consideravelmente sua qualidade de vida. A respiração influencia muito no nosso corpo e, com o enfraquecimento muscular, até o ato de engolir a comida vai sendo mais difícil. Realizar a fisioterapia respiratória colabora na prevenção de doenças e na recuperação da capacidade pulmonar, retirando as secreções que obstruem as vias aéreas”, disse a especialista.

Os exercício, aliados a qualidade de vida e alimentação equilibrada garantem melhor saúde para evitar os problemas respiratórios e também, maior facilidade para se livrar deles quando estes ainda assim aparecem.

A nutricionista, Karina Gouvea forneceu dicas de alimentação que aumenta a imunidade do organismo, que são os alimentos ricos em vitamina A. “Couve, abóbora, laranja, limão, espinafre, cenoura. Os alimentos ricos em vitamina C também devem ser consumidos, são eles: acerola, goiaba, kiwi entre outros. Alimentos ricos em ômega 3 e probióticos, também são importantes manter o idoso saudável e com a imunidade em alta”.

É importante lembrar que os alimentos ricos em vitamina C devem ser consumidos antes das gripes. Consumi-los quando a gripe já está acontecendo não auxilia na modificação do quadro. Ela é preventiva, ou seja, deve ser consumida antes da doença.

Dicas de exercícios para serem realizados em casa, pelo menos 3 vezes por semana:

  1. Respiração diafragmática: Talvez seja o mais importante do exercícios respiratórios. A respiração diafragmática tem esse nome porque expande o diafragma e leva o ar rico em oxigênio até o abdômen. É possível aumentar de forma significativa a capacidade volumétrica dos pulmões por meio dessa técnica.

Para realizá-la, você deve sentar-se em uma posição confortável, fechar os olhos, colocar a mão sobre a barriga e concentrar-se na respiração. Inspire pelo nariz e procure movimentar o abdômen – e não o tórax – ao fazê-lo. Retenha o ar por dois segundos e em seguida expire lentamente pela boca.

  1. Respirando com os braços estendidos: Ao mesmo tempo em que inspira pelo nariz, levante os braços e mantenha-os estendidos. Ao expirar lentamente, abaixe os braços no mesmo ritmo. Se o movimento provocar tosse, não a reprima.
  1. Ciclo ativo da respiração: Realizada em três fases: primeiramente, respirações predominantemente diafragmáticas; depois, inspirações profundas, com baixa velocidade; por fim, eliminação da secreção (que pode envolver equipamentos especiais).
  1. Aceleração do fluxo expiratório: A técnica visa ao aumento da velocidade do fluxo expiratório, a fim de deslocar o muco preso no organismo. É realizada por meio de uma manobra especifica de compressão torácica, que fica a cargo do fisioterapeuta.

por Danieleh Coutinho – http://eshoje.com.br

Compartilhe esta notícia!