Aos 101 anos, idoso no Acre usa aplicativo do TRE para votar

Pedro de Holanda Freitas votou na Escola Mário de Oliveira, em Rio Branco.

Com mais de um século de vida, Pedro de Holanda Freitas, que tem exatos 101 anos completados há uma semana, fez questão de sair para votar neste domingo em Rio Branco, capital do Acre. O idoso votou na Escola Mário de Oliveira, no bairro Cerâmica, onde mora.

Ao ser questionado do porquê de ter votado, ele disse para a filha que enquanto for vivo pretende cumprir com as suas obrigações eleitorais e que gostou de usar a tecnologia.

Quem levou seu Pedro até a escola foi a filha que cuida dele, Antônia de Castro Freitas, de 64 anos. Orgulhosa, ela conta que o pai nunca deixou de votar nenhum ano.

“Ele sempre votou com o título de eleitor, ele vota há 80 anos, a minha filha dessa vez baixou no celular dela o aplicativo e colocou os dados dele e ele adorou, achou muito legal votar usando a tecnologia. Ele faz questão de dentro da cabine e ver a se aparece mesmo a foto do candidato que ele escolheu para ter certeza que deu tudo certo”, disse.

Antônia falou que o pai sonha com um futuro melhor para todos, principalmente para os idosos. “Ele gosta de votar, porque diz que os idosos têm que ser valorizados, porque daqui alguns anos vai ter mais idosos do que jovens e as autoridades políticas têm que se voltar para os idosos”, afirmou.

Como filha, ele pretende seguir os passos do pai. “Também quero conseguir votar até quando conseguir”, finalizou.

Por Janine Brasil, G1

Compartilhe esta notícia!